Home / História

História

1995

A Guarda Municipal de Dourados foi criada em 1995, durante a gestão do Prefeito Humberto Teixeira, através da Lei Municipal n°. 2.029 Lei de 15 de dezembro de 1995, dispondo em seu artigo 1º. “Fica Criada a Guarda Municipal de Dourados – de acordo com o estabelecido no inciso X, do artigo 14 da Lei Orgânica Municipal de Dourados, e no §8º do artigo 144 da Constituição Federal”.

1996

A Guarda Municipal em 1996 realizou curso de formação entre os meses de Junho a Outubro, no Estádio Frédis Saldivar – “O Douradão”, onde foi instalado o primeiro Quartel da Guarda Municipal. Inicialmente a instituição formou 60 guardas municipais, através de convênios com demais órgãos e entidades e com direção da própria GMD, sendo formados: 01 Inspetor GM, 01 Inspetora GM, 60 guardas, sendo 45homens e 15 mulheres. O curso de formação dos 62 integrantes atendeu um currículo profissional de 600 h/aulas, incluindo as disciplinas de legislação, tiro e armamento, sociologia, prevenção à acidentes e fogo, ordem unida, estatuto da criança e adolescente, etc.

A GM teve como primeiro comandante da corporação o então Capitão da Reserva do Exército Brasileiro Antônio Nunes Padilha, fazendo parte de sua equipe de comando também Capitão do Exército Nelvídes Machado o qual exerceu a função de Diretor de Operações e o professor Joaquim Pinto Neto. (in memorian), cedido da Secretaria de Serviços Urbanos para ocupar o cargo de Diretor de Ensino.

Na época o Prefeito Humberto Teixeira confessou que um dos fatos que motivaram, a criação da Guarda Municipal de Dourados foi que depois de uma viagem para cidade no interior de São Paulo, perdeu-se e não conseguia localizar o local de destino, sendo então auxiliado por uma equipe de Guardas Municipais, que bem lhe atendeu, inclusive levando-o até o local

de destino, mostrando assim o bom serviço prestado, deixando uma boa impressão da corporação.

Os primeiros postos de serviço da GMD eram na Praça Antônio João, Prefeitura de Dourados, Terminal Rodoviário e havia também uma equipe que trabalhava para evitar as invasões de projetos de habitação da Prefeitura. A Central da GM funcionava no Estádio Douradão e não dispunha de estrutura de Rádio Comunicação, sendo que os atendimentos eram feitos pelo telefone 1580 e eram repassados para duas equipes motorizadas através de BIP, sendo que 01 viatura era uma GM Ipanema e 02 motocicletas Honda Titan 125cc.

1997

Com a mudança de prefeito, assume Antônio Braz Genelhu Melo e no comando da Guarda Municipal, o então Major PM José Tadeu Sampaio Vieira juntamente e José Vicente Ferreira na Diretoria de Operações. A Guarda atribui também o posto de permanência 24 horas no Parque dos Ipês e na Câmara Municipal de Vereadores, além de seguranças para autoridade municipal. Na época o serviço principal era a vigilância em praças, escolas e logradouros públicos. A guarda tem a primeira central de comunicação, onde funcionam os telefones de emergência 199 – 153 e a Central de Rádio, com comunicação entre todos os integrantes da GM.

1998

Em janeiro de 1998, entra em vigor a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 – Código de Trânsito Brasileiro e mais uma vez, Dourados saiu na frente, com celebração de convênio com o Governo do Estado para ampliar as atribuições. De acordo com o artigo 24 do CTB, os municípios conquistaram diversas atribuições previstas na legislação de trânsito, dentre elas a fiscalização de veículos na via, e a GMD ficou incumbida desta tarefa. Todos os GM’s tiveram formação para Agentes de Trânsito, e o serviço foi desempenhado sempre com o objetivo maior de preservação da vida, preceituando o mencionado no parágrafo quinto do artigo primeiro do CTB.

1999

A Ronda Escolar ganha o reforço de mais uma viatura (uma van Mitsubishi L300), que era utilizada para a implementação da Ronda Escolar, num serviço denominado PEC, (Policiamento Escolar Integrado) e 03 motocicletas Honda Strada 200cc, estas utilizadas na fiscalização do trânsito.

2000

A Guarda Municipal de Dourados tem um aumento significativo em seu efetivo, dos 62 guardas para 125 membros. A 2º TURMA de Guardas Municipais foi criada através de Decretos nº 294 e 295 17/08/2000, e também foram formados 60 Guardas Municipais, sendo 20 mulheres.

2001

Assume a Prefeitura de Dourados o Prefeito José Laerte Cecílio Tetila e o comando da Guarda Municipal, o 1º tenente Bombeiro Militar Pedro Alves Ferreira. Neste ano os Guardas Municipais conseguem uma conquista para a classe, o Sindicato dos Guardas Municipais de Dourados – SINGMD.

2003

É criado o posto fixo do Ceper do Jardim Flórida, mais tarde se transformaria em parque e a GMD conquista seu espaço no local. Em dezembro, entra em vigor a Lei nº 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento). Neste ano a GMD adquire mais 04 veículos, sendo 01 VW Parati, 02 motocicletas Honda XLR 125cc e 01 Honda XR 200cc.

2004

Assume o Comando da Guarda Municipal de Dourados, o Inspetor PRF da Reserva Manoel Capilé Palhano. Neste ano foi modificada a cor do uniforme: do antigo azul para o atual azul marinho.

2005

A Guarda Municipal de Dourados realiza o Seminário com o tema: “A Importância da Guarda Municipal na Segurança Pública”; com

presença de diversos palestrantes do Brasil e com participação de toda sociedade.

2006

A Guarda Municipal adquire mais 01 veículo VW Gol e 04 motocicletas Honda CBX Twister 250cc. Tendo a finalidade de intensificar a fiscalização no trânsito.

2007

Assume o comando da Guarda Municipal de Dourados o 1º Sargento PM Rui Carlos Zanco. A GMD amplia sua frota com mais 02 viaturas Frontier 4×2 XE, o que reforça ainda mais a ronda escolar.

A GMD implanta em parceria com a SENASP uma sala de informática em uma escola municipal da periferia da cidade, com a finalidade de levar oportunidade de qualificação para jovens entre 13 a 17 anos, com objetivo de formar mais de 500 jovens. Neste projeto, vários jovens são beneficiados, pois adquirem conhecimento para o uso das novas tecnologias.

2008

Foi implantado o curso de requalificação para os Guarda Municipais, sendo ministradas 444 horas/aulas, através de parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública. Neste ano, são implantados o sistema de monitoração eletrônica de CEIMs, controlados pela Guarda Municipal de Dourados e definitivamente a Corregedoria da GM e Ouvidoria permanente, vinculada à Prefeitura de Dourados.

A GM adquire através de projeto com a SENASP mais 02 viaturas Peugeot 1.6, para serem utilizadas nos serviços. Também foram adquiridos 10 coletes balísticos e foi inaugurada a nova sede da GM juntamente com o IMAM.

É formada a 3ª TURMA de GM’s. A formação foi realizada pelo Departamento de Formação e Ensino, de acordo com as diretrizes da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

2009

Assume o novo prefeito de Dourados, Ari Valdeci Artuzi e com ele o primeiro comando próprio da GM, sendo o Supervisor GM Divaldo Machado de Menezes, membro da Corporação desde 1996, sendo que atuava principalmente no meio ambiente como fiscal do IMAM.

Foram adquiridos mais armamentos para o uso da GM, e com o primeiro comando formado por todos integrantes da guarda municipal, uma nova filosofia de trabalho foi implantada.

O diretor de Operações Jonecir Ferreira elaborou juntamente com os integrantes da equipe do comando uma nova forma de serviço de Ronda Escolar Comunitária. O primeiro passo foi uma reunião com todos os diretores das redes de ensino, daí surgiram outras indagações e surge uma nova metodologia para o serviço direcionada aos anseios da comunidade escolar. O Patrulhamento Escolar diferenciado com guardas que permanecem exclusivamente para atividades do pelotão escolar.

Em maio, após formação em curso ministrado por órgãos e entidades representantes do meio ambiente, é instalado o pelotão de Meio Ambiente da GMD, responsáveis pela fiscalização de delitos cometidos ao meio ambiente na cidade de Dourados.

Com o cargo de comandante sendo ocupado pela primeira vez desde a sua criação em 1995 por um membro da própria instituição, a Guarda Municipal teve um salto significativo na sua atuação, principalmente através de uma parceria de convênio elaborado por uma equipe e membros o comando da guarda municipal, assim foi celebrada entre a Guarda Municipal e o Ministério da Justiça através da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), o projeto Anjos da Guarda do Amanhã, um projeto que propiciou a aquisição de diversos equipamentos (coletes balísticos, rádios de comunicação, armamentos não letais, viaturas dentre outros).

2010

Assume o comando da corporação o Major PM Thonny Zerlotti que continuou os serviços prestados pela corporação. Neste ano foi celebrado o convenio para qualificação dos GMS, com curso ministrado pela empresa

CATI SUL, curso este que foi de suma importância para a prestação dos serviços da GMD

2011

O comando volta a ser de um guarda municipal de carreira, ficando o ex diretor de operações da GMD, Jonecir Ferreira, guarda da primeira turma responsável pela corporação. Neste ano foram regularizadas através de portaria o uso de arma de fogo na corporação, bem como o uso do dispositivo eletrônico de controle.

Na sede da GMD algumas benfeitorias foram realizadas, como ampliação do pátio de estacionamento, iluminação do pátio, portão de acesso, instalação do mastro para hasteamento de bandeiras, bem como a mudança da sala de comunicações para outro local, oferecendo condições de mais segurança para as atividades, também foram comprados equipamentos para as bases e sede da GMD, como mesas, cortinas persianas, uniformes operacionais hipstop, bebedouros, ar condicionado, cadeiras, roupeiros e armários.

Também foi elaborado pela equipe de comando e auxiliares, o projeto Guardas Agente da Cidadania, onde foram implantadas 4 bases comunitárias para apoio da população. Uma base de apoio no Ceper do Flórida, uma base na Praça Antônio João, uma base no Terminal Rodoviário e uma base na sede da GMD. Todas as bases contam com no mínimo, viaturas, frigobar, tabletes, armários, mesas e cadeiras para melhoras a prestação de serviços para a população. Neste mesmo ano foram designados coletes balísticos individuais para todos os guardas municipais, aquisição de computadores e impressora para sala de comunicações da GMD. Ao todo foram 08 viaturas Renault Duster, 4 motocicletas Honda XRE 300 cc, 8 tabletes, 10 computadores, 02 impressora copiadora, 64 coletes balísticos, software para gerenciar as ocorrências da GMD, Coberturas para as viaturas.

2013

Assume o comando o GM Joao Vicente Chencarek, e implanta o programa Crack e Posssivel vencer. A GM conta com mais um ônibus com estryutyura de videomonitoramento e dois VW Parati, com duas motocicletas, equipamentos este inclusos no programa federal Crack e Possível vencer.

2017

Com a posse da prefeita Delia Razuk assume o comando o GM Silvio Reginaldo Peres Costa.

 

Hino

Sob um céu de alvorecer

Surgiu em Dourados uma estrela

Que a todos encantou

Somos a Guarda Municipal

Que engrandece a cidade de Dourados

Nossa gente, nossa terra

Lutaremos com vigor
Douradenses ou migrantes

Turistas ou passageiros

Serviremos com amor

Solo fértil e rebanho mil

Campo de batalha
Herói Antônio João serviu

Quanta beleza que se espalha

Resplandecente cidade do Brasil

Segurança e proteção

Metas de nossa corporação
Somos a Guarda Municipal

A serviço da comunidade

Que engrandece a cidade de Dourados